Levantamento Geofísico em 3D



O levantamento geofísico pelo método Magnetotelúrico Induzido (MTIN-3D) resulta em imagens em 3D de alta resolução, mapeando o subsolo na faixa de profundidade entre 30 até 500 metros.

É realizado através da emissão de múltiplos pulsos de ondas eletromagnéticas de baixas frequências que se irradiam pelo solo. As ondas que são refletidas são captadas e registradas pela unidade receptora, que decodifica e armazena os dados coletados para posterior processamento.

O levantamento geofísico é realizado através de vários perfis lineares contínuos em superfície, mapeando com precisão as características subterrâneas de toda a área alvo do estudo.

Todas as estruturas com características aquíferas existentes no subsolo mapeado serão visualizadas nos imageamentos 3D, correspondentes às diferentes profundidades em que elas se localizam, e dessa forma podem ser identificados diversos pontos para a perfuração de poços profundos.



Importância do Levantamento Geofísico

Para que um poço tubular profundo tenha água (poço artesiano / semi-artesiano) é necessário que ele seja perfurado exatamente sobre as estruturas com capacidade de armazenamento e circulação da água subterrânea.
O levantamento geofísico do subsolo mapeia essas estruturas com características aquíferas e identifica o ponto exato para a perfuração, maximizando as possibilidades de sucesso da perfuração do poço.
É uma tecnologia imprescindível para a abertura do poço artesiano / semi-artesiano, evitando que se perfure em pontos sem possibilidades de captação de água, reduzindo assim o risco da perfuração improdutiva (poço seco).